Os livros de Lars Kepler – O Pesadelo

Data: 20.08.2015  Categoria: Livros  Leitura: 3 minutes 

Já falei sobre o autor e o primeiro livro do detetive Joona Linna neste post aqui.

Assim como no livro O Hipnotista os autores não revelam nada antes da hora, conseguem levar o suspense até o final da história e encontramos mais flashbacks. Este foi o primeiro livro que li do personagem e garanto que não me atrapalhou em nada ter lido ele antes do anterior. Mesmo com o personagem tendo sua história particular você não vai ficar perdido e sem saber quem ele é. São histórias e crimes diferentes, só que com o mesmo detetive investigando.

O Pesadelo | Lars Kepler | 448 páginas

“-Sua irmã tem problemas mentais, certo? – pergunta o homem, curioso. – Acha que ela tem noção do que está acontecendo? – Ele dá um tapinha reconfortante na cabeça de Pontus. Depois diz: – Quer que eu estupre a sua irmã ou atire em sua esposa de novo?”

Da mesma forma do primeiro livro, neste são dois casos diferentes que se cruzam em algum momento e de alguma forma. Como todo livro bom, ele é uma montanha russa. Acredito ser quase impossível ficar empolgado no começo e terminar mais empolgado ainda sem altos e baixo durante a leitura, não estamos falando de Game of Thrones. Se começa bom, naturalmente em algum momento da história você vai se cansar e achar ela chata (mesmo Game of Thrones), mas não porque é ruim, só porque no início você estava empolgado em demasia. É só o momento de respirar e recuperar o fôlego para os acontecimentos que virão depois desses momentos chatos de calmaria.

Sinopse:
“Após conquistar os leitores em O Hipnotista, o detetive Joona Linna está de volta em O Pesadelo. Best-seller internacional, o thriller policial de Lars Kepler foi aclamado por público e crítica em dezenas de países. Agora, o autor nos deixa sem fôlego com um novo quebra-cabeça, cujas peças o detetive mais carismático, intuitivo e obstinado da Suécia precisa encaixar.

Tudo começa quando a polícia descobre o corpo de uma jovem dentro de uma lancha à deriva no arquipélago de Estocolmo. Seus pulmões estão cheios d’água e os médicos legistas afirmam que ela morreu afogada. No entanto, o barco está em perfeito estado e o corpo e as roupas da mulher estão secos. No dia seguinte, um alto funcionário do governo sueco aparece enforcado em seu apartamento. Tudo indica que foi suicídio, mas o salão tem pé-direito alto e não há nenhum móvel em volta no qual ele possa ter subido.”

“É um contrato para além da sua morte. Você não pode se libertar dele. Mesmo um homem que recorra ao suicídio deve entender que seu pior pesadelo se tornará realidade. Eu o possuo, mas ele colhe seu pesadelo.”

Acho que da para ter noção do que te espera, não é? No segundo livro a gente passa a conhecer melhor o detetive Joona e seus problemas amorosos. Mas volto a dizer que isso não vai te atrapalhar se você não leu O Hipnotista. Os casos estão conectados mas a gente não consegue saber logo de cara e nem deduzir o porque, e é por aí que vai toda a história, temos que descobrir o porque da morte dessas duas pessoas aparentemente distantes uma da outra.

Submarino R$21,90 | Americanas R$14,87 | Saraiva R$25,40 | FNAC R$17,90 | Livraria Cultura R$17,90

Comentários

Be kind / Be nice

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    CommentLuv badge

    %d blogueiros gostam disto: