Série: Fear The Walking Dead

Data: 16.10.2015  Categoria: Televisão  Leitura: 3 minutes 

A série é boa, ou foi até o momento. Gosto muito da série The Walking Dead (muito mesmo) e gosto de filmes com zumbis, claro que iria gostar desta série também.

fear-the-walking-dead-2-temporada-o-olhar-do-elenco-e-dos-produtores-750x400

Primeira coisa, se você assistiu a TWD, você não deve fazer comparações. São séries diferentes, que contam histórias diferentes. Pontos de vistas diferentes de uma mesma coisas que aconteceu em lugares diferentes, esta se passa em Los Angeles enquanto a outra em Atlanta. Uma mostra o fim, (ou seria o durante?) com tudo já tomado pelos zumbis, a outra o começo, quando ninguém sabe o que é que está acontecendo com aquelas pessoas, ninguém sabe pra onde ir, o que fazer, como se defender delas e o que acontece se você chega perto de uma. Isso tudo (a série) te faz pensar. Ao menos me fez pensar. Diria que ela mostra tudo o que aconteceu com o “mundo” enquanto Rick Grimes estava em coma na cama de um hospital do outro lado dos Estados Unidos. Acho difícil os grupos se encontrarem e as séries se cruzarem, um lugar é muito distante do outro e é uma viagem longa pra se fazer com zumbis e estradas bloqueadas pelo caminho, sem falar no combustível.

Enquanto uma série mostra um policial e outras pessoas acostumadas a usar armas a outra mostra pessoas normais, um professor de inglês e mais uma orientadora escolar. Sem falar no filho viciado que no meio disso é obrigado a viver sem as drogas. Não é fácil achar um traficante no meio de um apocalipse zumbi.

Peguei este vídeo do site Adoro Cinema, a legenda é o PT de Portugal.

 

Imagina isso tudo acontecendo perto de você e você não perceber, as autoridades esconderem o problema e você não saber o que é. Pessoas protestando nas ruas pois a polícia está aparentemente atirando várias vezes em inocentes na rua. Deixando as pessoas enlouquecidas, violentas. Um caos total nas ruas. Essa realmente não é uma forma legal da humanidade acabar, seria lenta e dolorosa.
Por mais que você tenha comida e água estocada, seria possível viver anos dessa forma? Uma ilha deserta, isolada. Um barco … Esses talvez sejam os melhores lugares para estar por um tempo. Só que você vai ter problemas de saúde com a idade e falta de uma dieta adequada. Não vai ter médico, não vai ter dentista, não vai ter remédios, não vai ter ninguém. Uma mudança radical de vida, hábitos e tantas perdas pessoais não seria fácil se acostumar.

É basicamente isso o que a série mostra, uma mudança de vida drástica por conta de uma “praga” que se espalhou muito rápido, mas que ninguém sabe porque ou de onde vem nem onde começou. Você se vê obrigado a se desapegar de tudo, se vê obrigado a deixar de lado o que é certo ou errado para sobreviver (como por exemplo “roubar” comida e água, ou um carro de alguém que já foi abandonado a muito tempo). Essas leis e “regras” já não valeriam de nada nesse novo mundo.

Você agora é aquela pessoa que deixou de fazer o que queria, de falar o que sentia para alguém pois você achou melhor deixar para o dia seguinte. Tudo aquilo morreu e você não pode fazer mais nada.

Comentários

Be kind / Be nice

Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge

%d blogueiros gostam disto: