1/52: O que me faz feliz

Data: 15.04.2016  Categoria: Pessoal  Leitura: 3 minutes 

O ano começou faz tempo, mas e daí? Nunca é tarde pra começar algo, e nunca é tarde pra começar um 52 weeks de posts.

Conheço o projeto na versão de 365 dias com fotografias mas como todo dia é complicado, 52 semanas é menos apertado. A dica veio da Karine Britto, as fotos dela são lindas olha lá, e as 52 sugestões de assunto no Lemon Tea Please (que descobri no blog da Karine também). Não vou tirar fotos, serão posts com temas que já estão pré-definidos e nada me impede de mudar a ordem ou o assunto.

O que me faz feliz?

Chegar no trabalho sem atraso, conseguir entregar tudo da forma que eu gostaria, ser reconhecida por isso. Quando faz muito frio e eu posso colocar as minhas roupas favoritas e quando faz calor depois de muitos dias de frio e posso colocar uma regata e sair mostrando as minhas tatuagens.

Comprar o sapato e a roupa que eu tanto queria, sobrar dinheiro no final do mês, fatura do cartão baixíssima, achar dinheiro no bolso, conseguir cupom de desconto e receber 3% ou 5% de volta pelo Méliuz. Quando chega caixa do correio. Quando a vendedora é a melhor que existe e faz amizade com você. (Vou sentir saudades da Sabrina na HOPE).

Receber um beijo e um abraço do meu cachorro quando chego em casa, quando ele está deitadinho e me deixa beijar o corpinho dele todo, quando o meu cozinheiro favorito se da bem no MasterChef, ficar repetindo que está faltando “tompero” na comida, quando o Chef Gordon Ramsay surta e tem barraco no Kitchen Nightmares, quando o Netflix não trava, quando a legenda que peguei é ótima logo de primeira, quando meu pacote de dados volta para a velocidade normal, quando coloco a lista de séries em dia, quando chega quinta-feira para ver Irmãos à Obra.

Quando recebo a sua mensagem de bom dia, e todas as outras que recebo até dar a hora de te ver. Quando você sorri. Quando você decide sozinho onde quer parar pra beber cerveja pois odeio decidir esse tipo de coisa. Quando a gente entra num bar ou restaurante e você olha pra mim com aquela cara de “qual canto você quer sentar?” pois sabe que eu gosto de ficar nos cantos. Quando você me manda uma mensagem me desejando boa noite e eu vou dormir logo em seguida, tranquila, pois você lembrou de mim.

Quando fico sozinha em casa e ligo o modo Karaokê, quando como o melhor hamburguer da minha vida, quando como a Ceasar Pasta do América, quando como o Devil’s Cake no The Fifties e fico com a música Simpathy for the Devil na cabeça enquanto como cada pedaço. Quando ando pela Av. Paulista indo pro meu bar favorito pra ler um livro.

Quando toca a minha música favorita, quando tocam duas músicas favoritas. Quando vou almoçar o Filé de Frango a Parmegiana da esquina, que é bom pra cacete, e o garçom chega rindo porque sabe que vou pedir o de sempre, sem salada. Quando chego no cinema e o cara da pipoca entende o que quero dizer com “muita manteiga” e faz as camadas “Pipoca/Manteiga/Pipoca/Manteiga”. Quando o atendente do Starbucks é mega gentil comigo.

Gifs de gatinhos, quando vejo alguém que eu gosto muito se dando bem, chá, tomar chuva durante a volta pra casa, dar presentes, terminar de ler um livro.

São essas coisas que me fazem feliz e os meus dias melhores.

Comentários

Be kind / Be nice

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    CommentLuv badge

    %d blogueiros gostam disto: