Insônia

Data: 12.09.2016  Categoria: Pessoal  Leitura: 1 minute 

Não consigo dormir, aquelas palavras escritas me assombram uma por uma.
Elas aparecem na ordem e depois insistem em aparecer aleatoriamente.
Elas flutuam na minha cabeça, como em uma propaganda de televisão em que as palavras importantes têm destaque.
Aparecem uma após a outra, como datas em uma retrospectiva de final de ano.
Não da pra dormir sozinha e não sei por quantas noites ainda vou continuar rolando vendo essas assombrações que ficam no pé da minha cama.
De todas, uma não faz sentido algum: “sdd”.
Pressionam meus pulmões e me tomam todo o ar, como na primeira vez em que as li. Fiquei desnorteada… tonta, perdi o equilíbrio. Tive que me segurar na cama enquanto tentava colocar a roupa e ir te procurar.
Tive que respirar fundo e prender todo o ar e fingir que estava tudo bem. Um fôlego só pra ida e volta.
Se parasse pra respirar eu ia me afogar em lágrimas no meio foi caminho.
Mas eu não podia, tinha que deixar isso pro final e enfiar a cara no travesseiro pra abafar o som enquanto tentava falar ao mesmo tempo que tremia e soluçava.
Aquilo doeu.

Comentários

Be kind / Be nice

  • Concordo excelente texto, dá Pânico. Por isso a insônia deve ser levada a sério! Muito bom acho que você conseguiu transmitir os sentimentos e ansiedades de quem sofre de Insônia! Parabéns!

  • Olá, Ariani! Muito legal o teu texto sobre a insônia, embora gere uma sensação de pânico! Noite, saudade, sentimentos em profusão! Legal a tua autenticidade! Parabéns pelo texto e pelo blog, muito “clean” e funcional!

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    CommentLuv badge

    %d blogueiros gostam disto: