Já que é pra fazer, melhor fazer direito.

Data: 20.06.2017  Categoria: Pessoal  Leitura: 2 minutes 

Entre as muitas coisas que me irritam, coisa mal feita é uma delas. Imagine se um médico faz algo mal feito, se um pedreiro faz algo mal feito. As consequências podem ser catastróficas.
Eu fico muito nervosa quando vejo alguém fazer algo de má vontade. Fazer porque tem que fazer ou porque está sendo pago para isso. Nesse último caso é só mais um motivo para fazer o serviço bem feito, afinal, alguém está te pagando para que o serviço seja o melhor possível.

Não gosto de coisas pela metade, não gosto de coisa capenga. Odeio, principalmente, ver onde está o problema e não ter o poder pra resolver e ver que quem tem esse poder não se interessa em melhorar. Seja qual for o seu trabalho, faça da melhor maneira possível, sempre. Fazer um serviço mal feito é prejudicar a própria imagem, a imagem de outra pessoa e até mesmo a imagem da empresa.

Vejo todo dia líderes empurrando problemas com a barriga e brigando para ver de quem vai ser a culpa. Vejo também esses mesmos problemas serem resolvidos “magicamente” sem que ninguém fizesse alguma coisa, afinal, não era a culpa de ninguém então ninguém quer resolver também.
Ver a injustiça de uma empresa agir dessa forma e dar certo só aumenta a minha revolta. Se cada um fizer a sua parte da melhor forma, fazendo o que deve ser feito sem medo de assumir os erros, tudo dará certo. Nós temos que parar de buscar alguém para culpar e resolver o problema mesmo assim, o que existe são erros e soluções, insistir que está certo, não assumir o erro e não demonstrar que está fazendo algo para resolver o problema é atraso na vida de todo mundo.
Um serviço mal feito sempre vai precisar ser refeito, e ter que fazer a mesma coisa duas vezes é perda de tempo, dinheiro e talento.

 

Comentários

Be kind / Be nice

  • Ariani, é exatamente isso, você ver um problema ou um defeito tenta resolver mas não consegue porque não é de sua responsabilidade e quem tem esse dever não faz nada, nossa isso me mata de raiva.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    CommentLuv badge

    %d blogueiros gostam disto: