Odeio me despedir

Data: 22.06.2017  Categoria: Pessoal  Leitura: 1 minute 

Quando chega a hora de me despedir é sempre uma tortura, mesmo que a despedida seja por poucas horas.

Essas poucas horas sem o seu cheiro e o som da sua voz é o suficiente para fazer o tempo parar e não chegar nunca a hora de te ver.

A cada despedida eu sinto gratidão pelos momentos ao seu lado, mas sinto aquela saudade antecipada, sinto o peito apertado, o medo, a vontade de grudar e não ir embora nunca mais. Aí eu me despeço e viro as costas para ir pra casa, mas me dá uma vontade louca de voltar correndo e me jogar nos seus braços e te dar um abraço bem longo, mais um vez.

Comentários

Be kind / Be nice

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    CommentLuv badge

    %d blogueiros gostam disto: